Você ainda pode continuar a crescer – sem desrespeitar a legislação, obviamente.

 

Veja algumas ideias do que sua empresa pode fazer em tempos de pandemia de COVID-19 

 

Isolamento social, álcool gel, lavar as mãos frequentemente… A rotina de todos foi alterada drasticamente com a presença do Coronavirus Disease 2019 – o COVID-19. Infelizmente isso também significa que muitos negócios tiveram que encerrar seus atendimentos ou até estão abertos, mas com um fluxo de pessoas diferente do usual.

 

Muitas empresas não estavam preparadas para este tipo de impacto, muito menos tiveram tempo de se adaptar corretamente. Por isso, ainda existem muitas dúvidas sobre o que pode ser feito para manter o ritmo mesmo em época de pandemia.

 

Separamos algumas ideias de como sua empresa pode se adaptar ao novo momento. Confira abaixo:

 

 

 Foco na Organização, Planejamento e Estratégia

Na correria do dia-a-dia a gente acaba fazendo tudo no automático. Mesmo que a empresa tenha algum problema de processo, ele é postergado, contornado ou esquecido. Porém, agora é o momento perfeito para resolvê-lo.

 

Encare esta pausa forçada como o empurrão que faltava para você e sua equipe deixarem de fazer as atividades do dia-a-dia apenas com “a força do braço” e implementem melhorias. Alguns exemplos do que pode ser feito são:

  • Estude maneiras de automatizar seu fluxo de caixa;
  • Faça o planejamento estratégico da sua empresa para daqui a 2 e 5 anos;
  • Estruture melhor o seus departamentos, com divisão de tarefas e responsáveis;
  • Analise de onde vem seus maiores gastos e procure novos fornecedores;
 
Essas e outras metodologias e tecnologias podem transformar o trabalho da sua empresa. Assim, quando tudo voltar ao normal, seu negócio vai estar muito melhor do que quando parou.

 

 


Controle Financeiro
para Empresas

Cuide do seu dinheiro com este Sistema de Gestão Eficaz

 

Home Office para quem pode

 

A diminuição do fluxo de clientes é visível. Apesar de algumas indústrias não serem tão afetadas, a maioria dos varejistas, atacadistas, o setor de serviço e qualquer empresa que trabalha com o público sentiu o impacto do isolamento social.

 

Para evitar gastos desnecessários e expor seus funcionários a um risco de saúde, uma das soluções é fazer com que seus colaboradores trabalhem de casa. Apesar de incomum para empresas mais tradicionais, muitas startups já utilizam esse formato de jornada, que é chamada popularmente de Home Office.

 

Por isso, analise se existe a possibilidade de implantar o Home Office na sua empresa. Se houver possibilidade, avalie também como ele vai ser – totalmente remoto, híbrido (com algumas reuniões presenciais) ou rotativo (parte da equipe fica em casa um dia e parte fica no escritório, mudando isso no dia seguinte). 

 

Se quiser saber mais, leia o nosso artigo sobre o que é necessário para fazer o Home Office – basta clicar na imagem abaixo:

 

 

Carona para quem não pode

Em alguns casos, o Home Office não funciona. Indústrias, serviços e áreas ligadas à saúde, por exemplo, não vão poder realizar o isolamento social recomendado. 

 

Por isso, a dica nesses casos é a carona para colegas de trabalho que usam ônibus, metrôs ou trens. Por mais que ainda exista proximidade, a carona minimiza os riscos presentes nos transportes públicos. Nesses casos, muitas empresas ainda pagam pelo combustível do motorista.

 

 

Regule a aglomeração no local

Em dias normais, ver a loja cheia de clientes é sinônimo de alegria e orgulho. Mas em tempos de COVID-19 isso é um grande perigo. Por isso, para evitar que muita gente entre em seu estabelecimento ao mesmo tempo, controle o acesso.

 

Algumas medidas envolvem, por exemplo, filas com espaçamento de pelo menos 1 metro de distância formadas no lado de fora (onde é mais arejado) e horário de atendimento reduzido. Em outras empresas, o acesso é liberado para um determinado número de pessoas, fazendo com que as outras esperem por sua por vez.

 

Isto serve também para os seus fornecedores. Agendando horários de entrega e organizando melhor as formas para descarregar os produtos você evita aglomerações.

 

Pode parecer chato, mas é uma forma de manter seus funcionários, fornecedores e clientes seguros sem parar totalmente suas operações

 


Conheça a
História
de Sucesso da MFAR

Foto dos funcionários e dona da MFAR com o CEO da MWork
Case de Sucesso!

 

Não tem sistema de delivery? É hora de ter

Esta tem sido a opção ideal para negócios que querem continuar a vender e clientes que precisam fazer compras, mas não querem sair de casa.

 

Muitas empresas já tinham estruturado sistemas de delivery próprios, com seus entregadores e formas particulares de fazer o controle das entregas. Outros negócios, porém, vão ter que fazer uso da plataformas terceirizadas e de entregadores informais, como os do Rappi, James e UberEats, por exemplo.

 

 

 

Rotinas de higiene redobradas (e bem sinalizadas)

É hora de cuidar ainda mais das rotinas de limpeza do seu negócio. Não importa se é indústria, atacado, varejo ou serviço. Nesse momento de Coronavírus, todo cuidado é pouco.

 

Por isso, além das práticas amplamente divulgadas como lavar as mãos frequentemente ou utilizar álcool gel ou álcool 70%, o uso de luvas e máscaras ou tossir e espirrar no cotovelo também ajudam a minimizar o contágio. 

 

Essas, porém, são práticas individuais. A sua empresa também precisa participar da luta contra a disseminação do vírus ao realizar mudanças na sua rotina de higienização. Isto incluí disponibilizar álcool gel ou água e sabão e realizar a limpeza de superfícies de contato frequente, como corrimões, maçanetas, celulares e computadores.

 

Por fim, relembre seus funcionários as melhores práticas de higiene e divulgue o que tem sido feito aos seus consumidores. Assim você faz a sua parte na educação dos seus colaboradores e tranquiliza seus clientes ao informar as medidas que estão sendo tomadas.

 

6 Fundamentos para Ser um Bom Vendedor

Com Wilton Mazur

 

Conclusão

Com ou sem pandemia sua empresa não pode parar. Isso não significa desrespeitar medidas de saúde públicas. Muito pelo contrário: o Total E.R.P. não incentiva o desrespeito a legislação do seu estado ou cidade, mas sim dá insights do que você pode fazer para se adequar a nova realidade enquanto as coisas não voltam ao normal.

 

Se sua empresa não faz parte dos serviços essenciais, aproveite o momento para ver formas de melhorar a sua empresa (como planejar e estudar melhorias que você sempre quis implantar, porém nunca se dedicou a pesquisar). Mas se sua empresa pode estar aberta, tome os cuidados devidos para manter a saúde de seus funcionários e clientes.

 

Ainda falando sobre gestão de empresas, o Sistema Total ERP ajuda tanto quem vai trabalhar remoto quanto para quem vai atender presencialmente seus clientes. 

 

Se você precisa acessar os dados da sua empresa de longe, o Total ERP não é instalado. Por ser online e na nuvem, suas informações podem ser acessadas de qualquer lugar. Além disso, o usuário-geral pode definir horários de uso do sistema, cadastrar outros usuários e definir funcionalidades que eles podem acessar.

 

Já para os negócios que vão abrir, continuar com o controle financeiro, de estoque e de vendas – agora mais do que nunca – é essencial.

 

Por isso, seja qual for a situação da sua empresa, teste o Total ERP GRÁTIS e veja como ele pode te ajudar neste momento. Clique neste link e saiba mais.

 

Receba Dicas GRATUITAS de Gestão de Empresas!

Inscreva-se abaixo. 😉

¹ Não se preocupe. Não mandamos Spam. ² Ao assinar nossa newsletter você aceita nossa Política de Privacidade e uso de Dados.

Pacotes Promocionais

Soluções para Micro e Pequenas Empresas | Atacado, Varejo, Serviços e Indústrias

Dúvidas? Fale com nossos especialistas.
Ligamos para você