Sistema Financeiro para Empresas: Por que ter um em seu negócio?

 

Ter controle financeiro em empresa é algo importante. Veja no texto abaixo algumas razões para fazer esse controle no seu negócio.

 

 

Controle das Movimentações no Caixa da Empresa

Relatórios sobre Operações Comerciais

Gerenciar Gastos de Curto e Longo Prazo

Conclusão

 

Um sistema financeiro para empresas é um grande auxiliar de assistentes financeiros, gerentes de negócios e de proprietários. Isso porque qualquer decisão tomada na empresa tem um impacto financeiro nela (comprar mais produtos, contratar funcionários, investir em marketing, etc). Esse impacto é analisado pelos responsáveis para que permitir que o negócio continue se desenvolvendo e, ao mesmo tempo, que os recursos sejam mantidos. Por exemplo, se é necessário comprar mais produtos, o orçamento de qual fornecedor oferece o melhor custo x benefícios? Existe capacidade financeira para uma nova contratação? Qual o budget para as campanhas de marketing?

Já que impactam toda a empresa, todas as movimentações do capital precisam ser registradas devidamente. Alguns empresários usam cadernos ou planilhas, mas essas opções não são automáticas – algo arriscado para o controle financeiro, uma vez que qualquer número errado ou qualquer informação faltando pode colocar em jogo os dados financeiros da empresa.

Por isso, só um sistema financeiro para empresas completo permite que você registre (contas a pagar e receber, formas de pagamento, impostos, etc), analise (relatórios, gráficos, tabelas com dados importantes) e controle (conciliação, transferências, centro de custos, entre outros) sua empresa de forma correta.

Veja agora mais detalhes sobre como um sistema financeiro para empresas pode ajudar o seu negócio a se desenvolver.

 

Sistema Financeiro para Empresas – Porque é Importante

 

Controle das Movimentações no Caixa da Empresa

Em suas operações normais, uma empresa fornece um produto ou serviço, faz uma venda ao seu cliente, coleta o dinheiro e inicia o processo novamente.

O sistema financeiro para empresas entra no meio desse ciclo e desenvolve um papel fundamental: o de registrar os dados.

Toda a movimentação do capital da empresa – dos gastos para manter o estoque, passando pelas receitas com vendas até as despesas de produtos ou matérias-primas – tudo será devidamente registrado no contas a pagar, contas a receber e no fluxo de caixa. Isso permitirá depois a análise dos gastos e receitas e, futuramente, um planejamento financeiro eficaz.

Enquanto toda essa movimentação de produtos acontece, a empresa deve também pagar suas contas, fornecedores e funcionários. Por isso, é preciso uma gestão financeira astuta com ajuda de um sistema para garantir que esses fundos fluam com eficiência.

Outro motivo para investir em um sistema financeiro para empresa são as incertezas econômicas. Empresas que não acompanham sua saúde financeira e não separam reservas tem dificuldades para enfrentar crises econômicas, correndo até o risco de fecharem as portas por falta de dinheiro.

 

 

Relatórios sobre Operações Comerciais

Toda empresa é responsável por fornecer relatórios de suas operações, tanto para o público interno quanto para o externo.

No caso do público interno, os gerentes e proprietários precisam acompanhar outros relatórios, como relatórios de gastos, lucro e indicadores de desempenho, que medem as atividades de diferentes partes de seus negócios. Além disso, acionistas e sócios , por exemplo, desejam informações regulares sobre o retorno e a segurança de seus investimentos.

Um exemplo de público externo são governos federais, estaduais e municipais que precisam de relatórios para cobrar impostos ou fazer auditorias para verificar questões fiscais e tributárias.

 

Só usando um sistema financeiro para empresas é possível produzir esses tipos de relatórios necessários para todas essas entidades diferentes.

 

Gerenciar Gastos de Curto ou Longo Prazo

Sua empresa pode parar ou seu gerenciamento de capital de giro pode ser comprometido se você não tiver controle de suas finanças e não conseguir cobrir despesas de curto prazo.

O preço de produtos e matérias-primas, por exemplo, podem ficar mais caros repentinamente. Infelizmente, esse gasto é necessário para suprir as demandas. E, se por acaso você não conseguir cobrir essas despesas rapidamente, elas podem causar falta de estoque ou danificar as relações comerciais.

Aqui é importante saber se, com poucos cliques, sua empresa tem capital para suprir essa necessidade. Por isso, para gerenciar melhor suas finanças a curto prazo, um sistema financeiro para empresas é muito importante.

Porém, além de pagar as contas e ter reservas para gastos a curto prazo, também é bom garantir que a sua empresa possa continuar investindo para crescer. Aqui é que entram despesas de longo prazo, como compra de máquinas ou investimento em marketing.

Só com um sistema financeiro para empresas que te mostre os gastos projetados,
previstos e realizados, bem como o D.R.E. Gerencial com o balanço do ano pode te ajudar a ter controle dos seus investimentos a longo prazo.

 

Sistema Financeiro para Empresas – Conclusão

Para fazer com que uma empresa sobreviva e cresça no mercado em que ela está inserida, a gestão financeira eficaz é elemento fundamental para atingir os resultados esperados. Isso porque são os recursos financeiros de uma empresa que vão direcionar os esforços de um negócio e permitir que mais funcionários sejam contratados, que uma filial seja aberta ou que outros investimentos sejam feitos.

O controle financeiro permite à empresa avaliar, de maneira sistemática e objetiva e contínua, as variações geradas nas linhas estratégicas e operacionais previamente estabelecidas.

Ao fazer isso, esse tipo de controle fornece à Gerência, ou outras pessoas com alto nível de responsabilidade nos negócios ou organização, argumentos e insights úteis suficientes que lhes permitem tomar decisões que garantam o acompanhamento de quaisquer objetivos corporativos propostos.

O valor desse tipo de controle atinge vários níveis dentro da estrutura, financeira e organizacional, da empresa:

  • Nível estratégico.
  • Políticas de investimento.
  • Políticas comerciais e operacionais.
  • Perspectiva operacional.

Com o controle financeiro, você evita surpresas de última hora no final do ano fiscal. É a melhor maneira de detectar desvios nos orçamentos e linhas estratégicas e tomar as medidas apropriadas para compensar, equilibrar e alterar o que é preciso.

 

Sistema Financeiro para Empresas do Total E.R.P.

Para isso, escolher a ferramenta certa é essencial. O sistema Total E.R.P. pode ajudar desde a emissão da nota fiscal até o controle do fluxo de caixa e por isso, é o sistema financeiro para empresas ideal para qualquer negócio.

O Total E.R.P. te possibilita ter acesso a informações de seu empreendimento a partir de qualquer dispositivo e garante controle completo de sua empresa com acesso sempre ao suporte especializado.
Além disso, ela oferece armazenamento com privacidade e planos de diferentes níveis para auxiliar empresas de diferentes características. Você pode contratar o plano básico, intermediário, ou avançado de acordo com o que seu empreendimento precisa para crescer.

O mercado é concorrido e sem as ferramentas certas é difícil haver espaço para competição e tomar as decisões mais acertadas. Sem isso, seu negócio pode acabar ficando para trás e perdendo clientes e lucros.

Se seu empreendimento ainda não possui um sistema financeiro para empresas adequado, é hora de reconsiderar. A Total E.R.P. pode te ajudar. Entre em contato conosco e peça por uma demonstração.

Entre em contato

(41) 3503 1002
(41) 3408 1004
(41) 99870.5557
Avenida Visconde de Guarapuava, 2764 Cj.1001
Curitiba - PR - 80030-070

Preencha para falar conosco






Conheça como o Total E.R.P funciona

Preencha os campos com suas informações para ter acesso ao ambiente de demonstração do Total E.R.P..

Fale conosco no (41) 3503-1002 ou, se preferir, no Contato Comercial (41) 99870-5557