Ter uma loja online está, aos poucos, deixando de ser um diferencial e passando a ser uma tendência de mercado. Segundo dados da ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico), 150 mil novos e-Commerces foram registrados no segundo e no terceiro trimestres de 2020. Já a pesquisa da BigData Corp com a PayPal Brasil destaca a presença dos pequenos negócios no mundo digital, com 88,7% possuindo até 10 mil visitas por mês.

 

Mas, para aproveitar essa onda, não basta só ter um e-Commerce. Ele é a ponta de um processo de vendas online muito maior e que vai desde a entrada no estoque até a entrega do produto.

 

Apenas uma gestão completa desse processo pode garantir o seu sucesso no mundo virtual. E, para isso, você também precisa de um sistema de gestão integrado e eficiente, como o TotalERP.

 

Quer descobrir como fazer uma gestão total do seu e-Commerce? Nós listamos as 6 coisas fundamentais para você começar a sua aventura com uma loja online. Acompanhe a lista a seguir:

Passo 1 – Escolha um e-Commerce confiável

Existem diversas plataformas disponíveis no mercado e que prometem te ajudar a construir uma loja online. Porém, na hora de escolher, é preciso levar em consideração diversos detalhes como preço, implantação, segurança e outros benefícios para garantir que as suas vendas não gerem transtornos nem para você e muito menos para o seu cliente. 

 

Nossa sugestão então é optar por plataformas consolidadas no mercado e que vão te dar o apoio e as vantagens necessárias para você ter uma loja online. Confira as plataformas que indicamos:

Loja Integrada:

Loja Integrada é uma das plataformas brasileiras de e-Commerce mais conhecidas no mercado. O plano que indicamos é o PRO 1, pois ele cuida das formas de envio, te oferece diversas formas de pagamento e faz várias integrações que vão ajudar no crescimento do seu e-Commerce.

 

WooCommerce:

O WooCommerce se destaca por conta de dois detalhes: a plataforma pode ser usada de forma gratuita e se integra totalmente com o seu site feito no WordPress, já que pertence à mesma empresa. Vale a pena conferir.

 

Climba:

A meta da Climba é fazer com que os clientes alcancem “um próximo nível e conquistem novos territórios em vendas, utilizando a internet para potencializar seus resultados”. Com uma lista de vantagens e de cases para provar a qualidade da empresa, sua loja online está em boas mãos com a Climba.

 

Tray:

Com mais de 17 anos no mercado, a Tray possui mais de 200 recursos, integração com Mercado Livre, aplicativo para celular e muito mais por um preço que cabe no fluxo de caixa de qualquer empresa.

Passo 2 – Configure seu Controle de Estoque

 

Um cliente vê um produto com o tamanho que procurava na sua loja online, compra ele, mas escolhe fazer a retirada na loja física. O vendedor que vai separar o produto não tem informações detalhadas e acaba separando um produto com tamanho menor. Depois disso, o restante do transtorno você consegue já consegue imaginar.   

 

Cenários como esse não são incomuns e muitas vezes acontecem por conta da falta de troca de informações entre o e-Commerce e a loja física. Por isso, além de fazer uma boa gestão de estoque, também é preciso fazer uma gestão que seja sincronizada.

 

Poder colocar informações sobre quantidade, descrições, pesos ou dimensões, além de consultar o estoque de outras lojas (multiestoque) e até mesmo editar o preço conforme a plataforma de venda (loja online x loja física x marketplace, por exemplo) é fundamental para a sua empresa.

 

E mesmo que sua empresa seja exclusivamente online, uma gestão de estoque bem feita evita gastos com produtos que já estavam em estoque, furos e entregas de produtos errados.

Passo 3 – Acompanhe as Vendas da sua loja online

Assim como com o estoque, o controle de vendas também precisa ser unificado com a sua loja física. Afinal de contas, ter que acessar dois sites (e-Commerce e sistema de controle de vendas) para ver informações sobre as novas vendas não ajuda numa gestão harmônica, além de só aumentar as chances de erros, atrasos nas entregas e outros tipos de falhas.

 

Por isso, prefira e-Commerces que enviem as informações das vendas para o sistema de gestão, mesmo que a sua loja seja apenas online. Isso porque, uma vez que as informações de vendas estarão centralizadas em um só lugar, todo o processo ganha agilidade e  você consegue, por exemplo, dar baixa do produto vendido ou de emitir a nota fiscal em um só lugar.

Passo 4 – Emita a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)

A emissão de notas fiscais também é obrigatória em lojas online. Além de fazer parte de uma lei fiscal (Lei da Transparência, Lei nº 12.741/2012), a emissão de NF-e também garante segurança jurídica ao seu consumidor e a sua empresa.

 

 

Sendo assim, não se esqueça de ter um emissor de documentos fiscais que também seja integrado com o restante do processo de venda do seu e-Commerce.

​Passo 5 – Gerencie seu faturamento com um Controle Financeiro​

Uma vez que seu cliente escolhe a forma de pagamento e a compra é finalizada, o que acontece com o dinheiro da sua venda?

 

Além de entrar na sua conta, essa venda também precisa ser registrada nas suas Contas a Receber, Fluxo de Caixa e DRE Gerencial. Isso é importante para a sua análise de receitas, gastos e orçamentos – afinal de contas, você precisa saber em qual lugar (e-Commerce, loja física, marketplace…) e com quais produtos você está lucrando mais para poder aumentar seus investimentos.

 

Por essa razão, se você quer ter controle total do dinheiro que entra na sua empresa pelo seu e-Commerce, a integração dele com um sistema que faça o controle financeiro é essencial.

Passo 6 – Faça uma boa gestão até na hora da entrega​

Fazer uma gestão completa não para na hora da venda. Principalmente se tratando de uma loja online, onde problemas com as entregas são líderes de reclamação até mesmo entre as empresas mais estruturadas do país, o pós-venda é de extrema importância.

 

Assim, além do apoio dado pelas plataformas de e-Commerce para a realização das entregas, sugerimos também que a sua empresa tenha um controle interno, com lista das rotas e a ordem das entregas.


Conheça a
História
de Sucesso da MFAR

Foto dos funcionários e dona da MFAR com o CEO da MWork
Case de Sucesso!

Conclusão

Ter um e-Commerce exige uma gestão eficaz, tanto para empresas que só atuam no mundo digital quanto para aquelas que também possuem lojas físicas. Porém, com o sistema de gestão correto, o seu e-Commerce ganha mais potência e pode vender ainda mais, já que todo o restante está bem administrado.

 

Com o TotalERP, por exemplo, nossos clientes fazem toda a gestão do processo de vendas, estocagem, emissão de NF-e, faturamento e de entrega – e tudo de forma integrada com as principais plataformas de e-Commerce. 

 

Além disso, nosso módulo Indicadores é um dos nossos diferenciais e te permite analisar produtos mais vendidos, porcentagem de lucro dos produtos vendidos, clientes que mais compram da sua loja online e outras diversas informações que vão ajudar no seu planejamento de gastos e na formação de estratégias para vender mais.

 

Teste grátis o TotalERP e faça uma gestão completa da sua loja online agora mesmo!

Receba Dicas GRATUITAS de Gestão de Empresas!

Inscreva-se abaixo. 😉

¹ Não se preocupe. Não mandamos Spam. ² Ao assinar nossa newsletter você aceita nossa Política de Privacidade e uso de Dados.

Pacotes Promocionais

Atacado, Varejo, Serviços e Indústrias

Dúvidas? Fale com nossos especialistas.
Ligamos para você